Já passaram algumas semanas desde a Maratona de Lisboa, e tenho mesmo de escrever sobre ela e partilhar convosco porque esta foi uma prova memorável e irrepetível - a minha  primeira Maratona  :)

Vou começar pelo dia da prova...

Saio de casa, equipamento vestido, pequeno-almoço tomado, às 6h40 estava a apanhar o comboio na estação de Algés, tudo como planeado, tinha decidido ir sozinha, para ter tempo de ir ao WC, tomar café e só depois encontrar-me com a grupeta do Correr Lisboa que ia fazer a Maratona! 

E assim foi! Lá nos encontrámos todos perto da partida, lá estava o Tiago (a lebre dos meus treinos do Correr Lisboa, obrigada Tiago!), o David, o David II, a Liliana, o Sandro (obrigada pelo ultimo quilómetro da corrida do Tejo), e outros parceiros dos treinos Correr Lisboa. Havia um nervoso miudinho geral, mas mesmo com esse nervoso miudinho estava descontraída...no fundo só tinha um objectivo: Acabar a maratona em bem...ir num ritmo "calmo" mas constante de 6' ao quilómetro, e km a km lá chegaria, sem  grandes pressas...Depois de mais de 600 quilómetros de treinos este era o cenário realista.

Fomos para o funil da partida, o nervoso miudinho aumentava, grande parte do grupo ia  fazer a prova num ritmo próximo dos 5'30...mas eu ia para os 6'...não podia arriscar ir mais rápido..."Cada um a seu ritmo" dizia o Tiago. Começou! passámos a Partida! ...estávamos a fazer a Maratona! Finalmente!!! 

Comecei com o grupo, que estava tão animado como nos treinos, talvez mais ainda...fiz os primeiros quilómetros com eles, estava a sentir-me super-confortável ali...mas quando dei por mim os quilómetros 4, 5 e 6  tinham sido feitos a 5'30 (!), eu não podia continuar naquele ritmo, tinha que os deixar...baixei um pouco o ritmo e vi-os afastarem-se...a partir dali iria fazer a prova sozinha, pensei eu...mas estava enganada!

Nunca me senti sozinha durante a prova, fui sempre reagindo a todo o público que estava na Avenida Marginal...aquelas pessoas estavam ali a dar apoio a quem corria...uns apoiavam um amigo ou familiar: "Força João" e eu dizia: "Força João"! eles sorriam e eu sorria também! eles diziam-me "força!" eu respondia "obrigada!" aquilo dava-me energia, eles aplaudiam eu aplaudia, eram pessoas que estavam ali de propósito, para apoiar alguém, ou porque tinham sido surpreendidos por uma marginal sem carros mas com muitos corredores.... Alguns já estavam distraídos e não batiam palmas eu dizia: "Bora!", batia palmas e eles reactivavam o seu papel de "apoiantes" e diziam "força" ou simplesmente sorriam...e eu sorria também e seguia caminho com mais um pouco de energia... encontrei apoiantes Vicentes, é bom ter o apoio de caras conhecidas ou t-shirts conhecidas, é a vantagem de correr em equipa estávamos todos a participar naquela prova!

Afinal os 5'45, 5'55 era num ritmo confortável... já tinha passado balão dos 6', agora objectivo era não subir dos 6'. 

Ao quilómetro 27 iria encontrar uma amiga minha no meio dos apoiantes, ela iria estar ali para me ver passar, a mim :), um apoiantes especial! Eu estava adiantada em  relação ao tempo que lhe tinha dito, será que ela ainda não estava lá? avistei-a ao fundo...tinha acabado de chegar, acelerei e fui ao encontro dela. Foi óptimo ver uma cara amiga, parei para tirar uma foto ('não pares' dizia ela,' estás super bem!' foi só uma foto uns sorrisos e muitos obrigadas!! e segui caminho, ainda com mais energia, obrigada Hil :) obrigadão mesmo!!!

Passei por Vicentes! Força não desistam! David, Força! Cada um a seu ritmo!

Ao quilómetro 30 iria encontrar mais amigos, é bom saber que vão estar algures por ali...não sabia muito bem onde, será que os ia ver? Eu estava adiantada...mais uma vez será que já tinham chegado? Sim! lá estavam: a Cristina, o Óscar (um amigo de 4 patas) e o Olavo, todos eles me incentivaram bastante para fazer a Maratona, incluindo o Óscar! e ali estavam eles, 3 apoiantes especiais, "meus" apoiantes! Eu tinha chegado mais cedo do que tinha previsto, eles ficaram surpreendidos com a minha "frescura", até eu estava surpreendida!!! Era o quilometro 30 e eu estava a sentir-me super bem!! Eles foram mais um boost de energia :) Obrigada!!! Mais uma fotografia, uns metros de corrida com o Óscar e siga! Prá frente é o caminho! Obrigada amigos!

Quilómetro 31, voltei costas ao rio, subir a Rua do Ouro, chiça!!! isto custa! será o muro? Não, não pode ser, é porque é a subir, não pode ser o muro... chiça que isto usta, estou a ir a mais do que 6'? não pode ser...no Rossio vi Vicentes a apoiar, Obrigada! :) continuei a subir, sabia que no retorno iria encontrá-los de novo, mais uma motivação, Bora! E lá estavam eles de novo, obrigada outra vez! :), afinal continuo fresca, aquilo não era o muro, era simplesmente uma subida, e o rio está de novo lá à frente! 

 

(Rossio, km 32)


No encontro com o Tejo está um vicente, sem dorsal, com um sorriso e uma energia revigorante que se apronta a correr uns metros ao lado dos vicentes para dar um boost de energia depois do km 30, "está quase dizia ele", "é mais um abastecimento e já está", "peanuts" respondi eu sorrindo! Obrigada Ildebrando! Seria mesmo peanuts? Talvez... ainda faltavam 10km, mas sentia-me com energia para os fazer ao mesmo ritmo, vamos a isso!

Cruzei-me com o pessoal da Meia, a coisa agitou-se um pouco, tinha de me desvia, tinha de serpentear entre eles, depois de uns 30km em que segui "nas calmas", agora estava ali naquela junção, tudo parecia mais confuso, rápido ou lento nem sei, mas era caótico...um abastecimento, mais caos ainda...apetecia-me deixar passar aquele abastecimento, mas não podia..."é importante a hidratação". 

Via muitos Vicentes que estavam a fazer a Meia "Força Vicente, Bora!" gritava eu para os motivar, a eles e a mim...no meio daquela avenida interminável estavam muitas meninas Vicentes que já tinham a sua medalha ao pescoço  e que estavam cheias de boa disposição a dar força aos que ainda corriam, obrigada a vocês também!!! 

Ao km 38, mais um boost de energia, de novo o Óscar e os meus amigos, mais uma fotografia!, e lá segui eu ainda com mais energia!


 (eu e Oscar, km 38)


Km41!!!! O José Saraiva, estava com a sua bicicleta com um ar atarefado a dar apoio aos Vicentes! Acho que ainda lhe disse na brincadeira: "Isto não é para andar de bicicleta pá :)!", mas já nem sei,  estava a ver a chapa do km 41, e já só conseguia pensar nisso... estava a acontecer! Estava a acabar uma Maratona..."atletas da Meia para a esquerda, atletas da Maratona para a direita"! Eu estava ali, na faixa da direita, eu estava na faixa da maratona, a chegar ao final! 

Lembrei-me que no ano anterior quando estava naquele mesmo local, a acabar a Meia, passou por mim o primeiro classificado da Maratona, a uma velocidade estonteante, mas agora um ano depois era eu que estava ali na faixa da Maratona, a acabar a minha prova, os meus 42 km! E também podia ir a uma velocidade estonteante! 

Naquele momento realizei tudo: Estou a completar a minha primeira maratona! Nem acredito!! Agora sim está a tornar-se real...é o final, já corri 41 e estou bem, estou óptima, posso correr um pouco mais depressa, acelero, também posso ir a uma velocidade estonteante, acelero, acelero, volto à direita, tiro o boné, desço a rua a um ritmo mais rápido ainda...faço a curva, a recta final, agora é só correr até à meta e sorrir! Passar a meta a sorrir, e sorrir para a fotografia, a meta está já ali à frente e a Sandra também!

Passo a meta! "Cláudia!!!" diz a Sandra surpreendida! Surpreendida e sorridente por me ver ali tão "cedo", "Desculpa! cheguei mais cedo do que tinha dito" disse eu a sorrir! 


Tempo final: 04h06'48

(6 minutos mais rápido do que o meu cenário mais optimista)


Passei a meta! Fiz a minha primeira Maratona! foi óptimo! adorei! diverti-me bastante durante todos aqueles 42 km, nunca pensei que seria assim, foi mesmo muito divertido...e quero repetir!!!

Tenho que agradecer a todos os desconhecidos que saíram naquele domingo de manhã para ir apoiar os maratonistas! Agora dou-vos o devido valor, sem vocês não seria a mesma coisa, também quero ter a coragem de acordar um domingo de manhã para ir ver "maluquinhos" a correr os 42 km! 

Obrigada Correr Lisboa e todos os Vicentes que deram apoio ao longo de toda a corrida, e ao longo dos treinos! Sem vocês não sei se faria já uma Maratona, mesmo se fizesse com certeza que não seria tão boa como foi esta!

Obrigada aos meus amigos, que me apoiaram na corrida, que me aturaram na preparação, obrigada pela prendinha de anos, e aos que não sabiam de nada obrigada também, vocês também me apoiaram...fizeram-me muita companhia, fizeram parte dos meus pensamentos durante os treinos longos, vocês dão-me boa energia!  

Esta foi só a primeira de muitas provas neste meu novo mundo das corridas, que não é novo por agora ser "maratonista", é novo por ter passado a gostar de correr num grupo, e sentir o que é receber o apoio que vem de todo o lado, de quem está a correr, de quem está a incentivar, de quem está nos passeios, a tirar fotos, a apoiar, a fazer cartazes, a mandar piadas, etc., etc...


Quero mais!

Cláudia Viegas aka Kadinha, Outubro 2014


(Cláudia Viegas aka Kadinha a passar a linha da meta)