7:15 AM

 

Hoje folguei 15m na cama.

 

Ahhhh o luxo.

 

Mais um fim-de-semana, mais uma prova de 10km.

Desta vez era a 2ª Corrida do ISCTE.

Hoje ao contrário do normal tomei o pequeno-almoço em casa, não esquecendo a dose de frutos secos, nozes/passas e uma banana.

 

Saí de casa bem cedo para escapar às filas dos dorsais, pois durante a semana é-me impossível ir à Sede da Xistarca.

 

Cheguei ao local da prova pelas 8:15.

Estacionei perto da Partida, mas longe o que bastasse, para que se quisesse ir embora logo a ter terminado a prova, não ter o carro bloqueado com grades ou fitas, como aconteceu com um amigo meu.

 

Chegado à tenda da Xistarca entrego o papel de comprovativo.

 

Pediram-me o número do dorsal, procuraram e não encontraram.

Eu tinha-me inscrito como equipa, mas pelas indicações no toldo da tenda só havia fila de individual corrida e individual caminhada.

Depois lá procuraram pelo nome da equipa, procuraram e nada.

Procuraram de novo, e novamente nada.

Responderam-me que se não estava ali é porque alguém já tinha levantado por todos.

 

Achei isso muito estranho. De todos que estávamos inscritos, ninguém falou em levantar os dorsais pela equipa.

 

Ou seja, nem chip, nem dorsal, nem t-shirt (isto era o menos).

 

Volto para o carro.

 

Fico a fazer tempo e passados uns 30m, lá sigo para o primeiro aquecimento.

Tornozelos, joelhos, cabeça, corrida para aqui, corrida para ali.

E lá voltei ao carro.

 

Ao voltar encontro os Vicentes Francisco Sardinha e o Romão Pedroso.

O Romão ainda não tinha dorsal, mas o Sardinha já.

Perguntei-lhes se algum deles sabia quem teria os dorsais.

O Sardinha disse que tinha ido à Sede, mas ninguém sabia de algum possível levantamento de dorsais.

 

Chegados ao ponto de encontro, mais Vicentes se encontravam já lá.

 

Perguntei-lhes o mesmo.

 

Ninguém sabia.

Mau.

 

Eu e o Romão, fomos então para a fila dos dorsais.

Dissemos que estávamos inscritos pelo Correr Lisboa.

E logo de repente surge o envelope!

Estava no mesmo sítio onde 30m antes tinha sido procurado.

 

Bom.

 

Lá seguimos para levantar as camisolas.

Tirámos os nossos dois dorsais, e entreguei logo de seguida o envelope.

Isto para quando os Vicentes que faltavam levantarem o seu.

 

Resposta da organização.

 

Tem que ficar agora com o envelope. Então imagine agora que vinha cá toda a gente.

 

Já estava a ficar um pouco irritado com esta situação.

Agora, a tenda de entrega de dorsais não quer fazer o seu papel, e nós tínhamos de ficar à espera das pessoas que faltavam ali ao pé de modo a terem também o seu dorsal.

 

Vamos imaginar que dos dois ou três Vicentes que faltavam não apareciam?

 

Nós queríamos ir aquecer e não podíamos sair dali porque alguém não quis fazer o seu trabalho.

 

Felizmente em +/- 10m todos tínhamos dorsais e lá fomos aquecer com mais uma corrida pelas redondezas.

 


 

Foi a 2ª vez que participei nesta corrida e sabia +/- por onde ela ia passar.

No dia anterior estive a ler o percurso.

No meu ponto de vista há aqui uma falha.

O percurso devia ser um mapa com o caminho desenhado.

E não uma descrição com nomes de ruas. E uma delas nem aparece nas descrição.

 

http://www.xistarca.pt/pt-PT/eventos.aspx?cntx=82de003a-1949-4b44-97b0-6e5c98be402a#percurso

 

Segundo a Xistarca a corrida começa.

 

na Avª Professor Aníbal Bettencourt, vira à direita em direcção à Alameda Universidade, Avª Brasil, 

 

Quando a corrida começou, fiz um arranque muito forte, para surpresa minha fui os primeiros metros em primeiro.


 

 

Finda a subida, o caminho poderia ser em frente ou virar-se à direita.

 

Eu virei à direita, que daria ao fundo dessa rua acesso à Alameda.

Mas o caminho era em frente.

Eu lembrava-me de passar por aquela rua na corrida anterior.

Em conversa disseram-me que era só no regresso, mas tinha a rua em mente.

 

No fim da corrida alguém me disse, Epah não viste o carro com o tempo?

 

Nesse momento realmente no arranque não o vi, apesar de estar uns metros à frente.

Estava mais preocupado a olhar para o chão a ver se não pisava algum buraco pois o arranque é num empedrado.

 

 

Virei então à direita onde a estrada estava completamente desimpedida.

 

Digo eu, uma Organização não pode facilitar na indicação do caminho.

A culpa do erro foi minha.

Mas com uma descrição textual, não gráfica, pouco precisa, e com 2 caminhos completamente abertos, não é no meio de uma corrida que se vai decidir,

Vou por que lado?

 

A descrição nem fala da Av. Professor Gama Pinto que fica no fim da Av. Professor Aníbal Bettencourt. Avenida pela qual passámos.

 

Há uns tempos disseram-me que ia para as provas sem saber o caminho.

Pois é, ler o caminho foi o que deu.

 

Colocar uma fita seria assim tão difícil?

Ou um carro/mota da Polícia a bloquear o acesso. Realmente a Policia estava lá, mas ao lado do passeio.

 

Desta vez tocou-me a mim o engano, mas já soube de outros casos, em outras provas que o mesmo aconteceu.

 

Uma série de gente berrou Não é por ai é em frente.

Parei e fiz um sprint para tentar agarrar o pessoal da frente.

Cansaço e tempo perdido desnecessariamente por uma falta de sinalização decente.


 

 

 


 

Fui pelo menos metade da corrida a remoer o meu erro, a pensar como é que aquilo é possível.

E fui bastante tempo a ressentir-me do esforço.

 

O resto da prova seguiu de modo normal. Não sei se irritado pela falha, senti-me menos forte que na semana passada.

 


 

É claro que as subidas e descidas nos túneis também contam para esse desgaste.

 

O abastecimento deu-se mais ou menos pelo quilómetro 5, um pouco antes de chegarmos ao Saldanha.

 

E aqui tive outra surpresa que acabei de confirmar.

 

Na descrição do percurso da corrida diz

 

Campo Grande (pelos Tuneis), Avª Republica onde fará o retorno antes da Praça Duque de Saldanha, novamente Avª Republica

 

Eu lembrava-me de ter lido que no Saldanha dava-se a volta.

E eu estava a ver as pessoas a descer pela Av. Fontes Pereira de Melo

 

Opaaaaaaaaaah

 

Mas que raio de descrição de corrida é esta?

 

Aqui não é uma questão de perder tempo ou não.

É uma questão de gestão de esforço.

 

Fazer subidas e descidas não é o mesmo que correr plano.

Mais uma para ter ficado a pensar

 


 

 

No regresso, já perto da Alameda reparo também em algo.

Não sendo culpa da Organização, deixei o recado aos responsáveis no local.

Em pelo menos duas situações, os Polícias que estavam encarregados de cortar o trânsito e fechar as ruas de modo a não haver enganos por onde seguir, tinham as suas motos estacionadas nos passeios e estavam de costas para a corrida.

 

A minha sorte, foi ter gente à minha frente e bastou-me segui-los.

 

Mas numa dessas situações, o Martinho Amaro que seguia à minha frente, teve de perguntar por onde era o caminho.

 

Incrível !

 

A Organização, a isso disse-me que tinham posto várias setas a indicar o caminho.

Acredito que sim, mas, eu não recordo-me de ter visto alguma, tirando o ponto de retorno.

 

Eu falo por mim.

Quando estou a correr, não estou propriamente a contemplar o que se passa ao meu lado.

Por vezes acontece ver um ou outro pormenor.

Na maioria do tempo durante a prova o meu cérebro está ocupado com

 

- Gestão de esforço.

- Ataco agora?

- Reservo-me?

- Que tempo estou a fazer?

 

A indicação do caminho tem de ser clara e não permitir o mínimo de dúvidas a quem está sujeito a um esforço físico e mental durante bastante tempo.

 


 

Acabei a prova em 38m11s

 

Pera ai 38m11s ??? 5s mais que o meu recorde?

 

Digamos que fiquei para lá de lixado ao me ter apercebido disto.

Como um simples erro deitei por terra a quebra de um recorde, nem que fosse por 1s.

 

Na semana passada, não pensei que tão depressa fosse fazer uma marca do género.

 

Uma simples fita teria bastado.

 

No fim recebemos uma garrafa de água.


Resultados

31º da Geral

13º do Escalão

 

Um obrigado ao Vicente Martinho Amaro que esteve fortíssimo, correndo comigo e descolando de mim nos últimos 2 quilómetros.

E um abraço para o Vicente Victor Marques que mais uma vez chegou ao pódio.

 


 

Notas Finais : (1 a 5)

 

Kit Atleta incluía (1) : 

·  T-shirt

·  Chip

·  Dorsal

Percurso (3)

Organização (1)

Preço (2)


(Gráficos micoach)