De Semente a abóbora!

Nunca tinha pensado nisto... mas sabiam que quando descobri que estava grávida a minha princesa era do tamanho de uma semente de papoila? O Pedro é que ficou todo contente e disse logo que era uma semente saltitante! Mas para já, genica não lhe parece faltar. Mas antes de dar à luz e pensar no vermelho berrante que tanto o papá parece querer persuadir (AINDA NÃO HÁ ACORDO NESTE ASSUNTO!), vamos ver a evolução da Vicentinha através de frutas e legumes...verdes.


Ora vejamos:

4 Semanas - semente de papoila

8 Semanas - um feijão

12 Semanas - um limão

15 Semanas - uma maçã

18 Semanas - uma papaia

28 Semanas - uma acelga (espécie de hortaliça)! A minha Vicentinha é assim agora! MA-RA-VI-LHO-SA!

E chegada às 40 semanas será uma abóbora e a Princesa está pronta para nascer!

E sim, a ansiedade aumenta de semana para semana!


Ao entrar no terceiro trimestre...

O tempo voa e as corridas tiveram de ser substituídas por caminhadas, porque a minha barriga insuflou e está assim um pouco grande, desajeitada e com muito receio de cair!

Confesso que já chego ao trabalho cansada. Isto de andar até ao metro, sobe escadas, muda de metro, desce escadas... vira para um lado e para o outro, para evitar as multidões do metro e a barriga a sempre pesar... afinal a Vicentinha já tem 1170kg! As caminhadas fazem-me suar! Sim, por incrível que pareça uma caminhada em ritmo rápido faz-me transpirar e não é pouco!

À medida que vou caminhando para a recta final, vou sentindo os quilinhos a mais nas perninhas... mas o que me tranquiliza é que sei que vou recuperar pós-parto! O que me faz pensar que não posso ficar à sombra da bananeira! Antes pelo contrário, tenho de me manter fiel às caminhadas e às aulas de pilates para me ajudar a ter uma recuperação mais rápida e eficaz. Mas se por agora, fico-me pelas caminhadas, fotos, e incentivos... depois será a vossa vez, mas apenas na motivação e no alento para recuperar a forma. Afinal, a força do Vicente vem da nossa união e no acreditar que nos podemos sempre superar. Eu sei e vocês também sabem disso!

Curiosidades do "casulo" do bebé...

Por regra um bebé nasce com uma média de 3,3kg. Durante toda a gravidez a camada muscular do útero passa a ter mais cerca de 900g, a placenta cerca de 700g, o peito mais 400g, o volume de sangue que circula no corpo cerca de 1,2kg a mais, o líquido amniótico pesa uma média de 2kg e mais a gordurinha que temos de acumular no organismo para ter uma energia extra durante a amamentação que rondam os 4kg. Somando isto tudo já podem ver que as perninhas têm de ter muita força para aguentar com este peso extra! Será que isso quer dizer que pelo menos fiz musculação nas pernas durantes uns meses? Veremos depois!

Agora espero que a pequena chegue aos 3/3,5kg! Sei que estamos no bom caminho, mas até lá, ainda me esperam algumas caminhadas e a minha presença assídua nos treinos dos Vicentes!