adidas

Blog Detalhe

Demasiado pálido... para ser Queniano #40 - 41ª Meia Maratona de São João das Lampas

Ora olá a todos de novo ;)

Cá vou eu contar a minha aventura pela montanha russa que é a Meia de São João das Lampas.

Há já uns tempos largos que oiço falar desta prova. Por várias razões nunca tinha lá ido, até estive apontado para ir à Running Wonder de Castelo Branco, mas mal vi a abertura de inscrições para as Lampas pensei "Epah é que é já !".

Combinei então ir com um grupo porreiro à prova.

Grupo este que era constituído pelo Frederico Lázaro e pela grande Família Ribeiro (Paulo/Ana e Rita)

Zarpamos de Lisboa e lá fomos falando de corridas...

Epah........... Pára tudo.......... Mas nós só sabemos falar de corridas ?

Ó Sandra cria lá os "Vicentes Anónimos" que isto está a ficar descontrolado :)

Durante a viagem perguntaram-me "Então como é que vai ser hoje Vasco ?

Sabendo que a prova tem bastantes subidas... ok também há descidas, mas o meu médico disse-me que eu é nas subidas que sofro... não ia com ideias de fazer um grande tempo, e por isso mesmo ia testar uma táctica a ver se resultava.

A ideia era não atacar nas subidas, ir a um ritmo confortável de modo a chegar lá acima sem estar rebentado e aí sim atacar forte e feio.

E lá contei o plano e ia ver se resultava ou não.

Passado pouco tempo lá chegámos a São João das Lampas, deixámos o carro num parque da organização e fomos buscar os dorsais.

Foi rápido o levantamento, havia uma lista com os nomes dos atletas caso fosse preciso e o serviço era rápido.

Voltámos ao carro para deixar as nossas coisas e lá voltámos para o centro da terra onde estava a partida/meta.

Pelo caminho fomos encontrando outros Vicentes e amigos das corridas.


(Aqui estão só alguns, éramos mais)

Normalmente nas provas, tento ficar ali pela frente, de modo a arrancar e ficar rapidamente à vontade. Mas como não já sabia que naquele dia tempos não era coisa para me preocupar, fiquei ali com a malta toda na conversa.

Poucos minutos antes da partida estava o speaker a falar e pelo meio ouvi "buscar a espingarda para dar o tiro de partida".

?!?!?!

Espingarda ?

Ok muitas provas começam com o tiro de uma pistola, mas espingarda já estava a ver alguém a dizer "Ó Ti Zé dê-me ai a arma de caça."

Não me pareceu nada normal...

Bom lá voltei a conversa.... blá,blá,blá,blá,blá...

Eu estava de costas para a partida e passado um pouco alguém diz "Olha a prova começou."

Olha para trás e já se via gente a começar a correr, ou a andar depressa.

"Então ?? Já ?? Mas e o tiro ?"

Nós podemos falar alto, mas não ouvir um tiro ? Eu acho que deve ter acontecido algo e a partida foi dada de outra maneira qualquer.

Aos poucos e poucos lá ia avançando e tentando correr no meio de tanta gente.

Foi uma partida para nós que estávamos lá trás bastante lenta.

Tentei imprimir um ritmo forte dentro do possível pois a primeira parte da prova era plana ou a descer.

Passado uns minutos já havia espaço para se correr mais solto e lá fui correndo.

No km2 havia uma forte descida e então foi dar-lhe com a força toda, cheguei durante uns 100m a correr na casa dos 3m16s.

Estás a gostar ? Aí gostas de correr rápido ?

Então toma lá uma subida de 1k e pouco...

E mal lá cheguei levantei o pé e comecei a correr mais lento do que seria normal.

Ia pôr em prática o tal plano, a ideia era nas subidas independentemente da inclinação correr na casa dos 5:15.

Que me lembre, numa estive numa prova com tantos fotógrafos :)


Desta vez não andei à caça de fotos como muitas vezes, alías a maior parte delas até foi a Ana que me identificou ;) obrigado.

A prova lá seguindo, com os abastecimentos nos locais indicados. Não eram muitos os voluntários a dar as águas.

Eu não cheguei a ter problemas, mas não sei se num grupo com muito mais gente se terá havido algum problema.

A prova de tempos a tempos ia tendo alguns populares apoiando e em pelos menos uns 2 ou 3 sítios estavam mesmo mangueiras montadas de modo a dar uma banho à malta :)

Mas aos poucos e poucos a prova ia pesando nas pernas. É que basicamente ou estamos a subir ou a descer.

Numa primeira parte da prova fui passando muita gente, mesmo usando a técnica de abrandar nas subidas.

Até que cheguei a uma altura em que apanhei malta que ia +/- no meu ritmo.


Pouco depois dessa altura comecei a dar conta de uma coisa.

Nas descidas passava alguns atletas e ainda ganhava algum distância, logo de seguida vinha a subida e lá era ultrapassado.

Se calhar pensaram, "Olha este maluquinho há pouco ia cheio e ganas e agora fica para trás, cromo."

Ah ah ah não sei passou pela cabeça de algum deles, mas é bem provável.

Numa das descidas aconteceu uma coisa gira.

Um atleta na casa dos 50's e tais ao passa-lo diz "Calma jovem, que isto há muita subida ainda."

Mas disse isto num tom de Ansião da corrida, não em tom de boca foleira.

Ainda lhe consegui dizer a minha táctica e que a estava a testar.

50's e tais ? A verdade e que pouco depois lá passou por mim e nunca mais o vi :D 

Perto dos 17km creio o Fred apanha-me, fomos ali algum tempo juntos, e comentei-lhe que já estava farto de tanta subida e descida que já só queria acabar.

Ele estava mais forte e disse-lhe para ele se pisgar e não se prender comigo.

Logo de seguida dou conta de uma moto que se aproximava bastante de mim, olhei e reparei que atrás vinha a Isabel Silva (TVI).

Quando percebi que ela estava mesmo por trás de mim cheguei-me para o lado de modo a dar-lhe passagem,

Mas ela não me passava, e fomos assim ainda algum tempo.

Tempo esse em que a moto muito preocupada em filmar um bom ângulo passou bastante perto de mim.

Ao qual barafustei para ver se não me atropelavam. Já na Meia dos Descobrimentos isso ia acontecendo no grupo que ia.

Ai moto faz uma diagonal ao grupo que ia e ia apanhando uns quantos.

E para quem possa pensar que eu estou a exagerar :D pouco depois a própria Isabel disse "Olhe não me atropele que estou a pensar acabar a corrida.

Passado pouco deste episódio ela lá me passou e lá fugiu também.

Já faltava pouco e eu sem vontadinha nenhuma de estar ali. Achei que a táctica não tinha resultado muito.

Talvez tenha sido muito conservador e poderia ter atacado mais nas subidas e a coisa correria um pouco melhor.

Finalizei a prova com o tempo de chip de 1h31m57s. (44º da Geral / 8º Escalão 40/44)


Normalmente uma prova que faça abaixo da 1h30 foi uma prova que não me correu bem.

Acho mesmo assim para a dificuldade da prova e indo calmo nas subidas até não foi mau.

Ok está feita.

No fim fiquei ali um pouco na conversa com o Fred, dei-lhe os parabéns pelo tempo.

Ele ficou uns 35s (creio) à minha frente. 

Eu - "Epah nunca mais me apanham aqui.

Fred - "Ah isso é agora para o ano estamos cá de novo."

No fim deram uma garrafa de Água de Monchique mais uma embalagem de plástico de transporte de água com aquela tampa que chama de Sport, da mesma marca. Ofereceram também umas batatas fritas (que voaram logo) e uns biscoitos que ofereci pois não sabia se levava leite ou ovos.

Mas o melhor estava para o fim, logo a seguir estavam centenas de fatias de melancia.

Eu não sei mas acho que comi quase umas 10 fatias. Só fechava os olhos a respirar fundo ao mesmo tempo que trincava a fatia :D 

Soube-me pela vida.

Nesse momento um rapaz passou ao meu lado e reparei que ele tinha uma t-shirt a dizer Vegan Runners.

"Epah és Vegan ? Olha tb sou." Mostrando eu os meus ténis que na parte boost está escrito "Vegan".

Ele sorriu mas não deu assim grande resposta, também não liguei muito a isso pois estava num caso com a melancia :D 

Minutos depois chega outro Vegan (isto está empestado desta malta) o Ildebrando.

Ficamos ali à conversa e ele também topa no rapaz da t-shirt, então fomos lá ter ele.

Aí percebi o porquê de ele não ter tido grande resposta à minha afirmação... ele é inglês.


Last but not least.

Esta é a prova que já vi que mais prémios entrega, eles devem gastar todo o dinheiro que fazem em prémios.

Ficámos lá até ao fim a ver se ainda tocava ao Correr Lisboa um prémio de equipa.

Depois de ver tanto prémio entregue, eu e o Pedro Serra já gozávamos.

"E agora prémio para este grupo que está aqui desde o início a assistir a isto."

"E prémio para a banda que está ali no palco há espera de tocar há uma hora pelo menos."

E no meio de tanto prémio, muitos parabéns à Rita (1º Escalão / 5ª Geral Feminina)


E ao João Pedro 3º do seu Escalão.


Próxima prova, Running Wonder Meia Maratona do Dão (Viseu).

No mesmo dia vão estar 204 (no momento que escrevo) Vicentes na Corrida do Tejo.

Boa prova ;)

Morada

Contactos